BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, 14 de março de 2009

Privatizar o público ou publicar o privatizado?




Estive pensando estes dias, enquanto via o jornal na TV, naquela propaganda sem-vergonha do Governo. Na verdade chega a ser cômico de tão trágico!



Se alguém ainda não viu, trata-se de uma propaganda na qual uma guria reforça todas as agreuras de viver em um país subdesenvolvido e da epifania e poder transformador que uma bolsa do PROUNI causa em sua humilde e quase inócua existência. Quer dizer, uma elevação à enésima potência da insipiente ideologia "Sou brasileiro, não desisto nunca".



A questão que me ocorreu foi a seguinte: Qual o objetivo de apresentar uma situação vexatória e flagrante da falta de investimento na educação como algo louvável, comovente? Quem foi que disse que educação é um favor? Quem é isento de impostos supostamente destinados à educação?



Talvez o problema seja menos corriqueiro do que calculamos, talvez a privatização da educação (não-integral, mas significativa) seja mesmo uma tentativa de diminuir cada vez mais o investimento no ensino de base e superior, bem como nas pesquisas científicas. Agora, algo muito mais elementar e anterior, ontologicamente falando, como podemos esperar uma sociedade autônoma e democrática se não há o cuidado com a educação e, consequentemente, com o pensamento crítico dos cidadãos???

10 comentários:

Serginho Tavares disse...

o problema no brasil é educação sim mas o pior é que vem de todos os setores
a classe alta não é educada e consequentemente a baixa também não
uma pena


ps: essa verificação de palavras aqui na caixa de comentários é uó! ve se tira isso moço!

Charlie, The Sinner disse...

Concordo! Aqui também estão a cortar na educação, mas comparando com o Brasil... Posso dizer que Portugal está num mar de rosas! E atenção que aqui as coisas são péssimas, desde a avaliação (quer de professores quer de alunos) às condições de ensino que algumas escolas têm. Aqui, há leis que dizem que o ensino é gratuíto até ao 9º ano de escolaridade. Nunca dei por nada disso, sempre paguei imenso por materiais e tantas outras coisas. Ah, e distribuem computadores à borla a pessoas que em muitos casos não merecem e aqueles que pagam para os ter... Não os têm!

Bah, isto é uma conversa com pano para mangas

Beijinho

Mariposo-L disse...

Olha amigo não espere mudanças radicias na educação alias se mudar vai ser para pior do que está, o Brasil tem uma verba altíssima dada anualmente acho que pela ONU, mas o termômetro dessa verba são alunos que não "repetem", então meu amigo pelo "jeitinho" Brasileiro não repetimos ninguém para a verba não ser reduzida ... Por outro lado vi esses dias como é atualização politica de educação na china, achei o máximo ...
Obs não vi a propagando que o post se refere ....

JuJu disse...

O pior é que, sem a educação, o país não vai para frente, meu caro.
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

KAKA disse...

é por essas e outras que ando evitando de blogar sabe Wa...somo s um bando de egoístas rs acho que se fossemos pela coletividade as coisas melhorariam, acho tb, pq até pagando plano de saúde fico em fila, sou destratada e olha que não pagamos pouco por ela! portanto nem privado nem público, precisamos urgentemente de vergonha na cara pra EXIGIR nossos direitos!!! aff total meu amigo. beijos da KKá.

ANDRÉ MANS disse...

gente
mas essa é a roda que projeta nosso Brasil...

bjão!

Daniel Juliano disse...

Meu amigo, mas o fato é que o PROUNI deu muita chance pra muita gente, e mudou a vida de muita gente também. Antes PROUNI do que nada, ainda não tá bom, mas antes tava pior.!

Paulo - Intemporal disse...

No Dia Mundial da Poesia, deposito aqui um ramo de sílabas que mais tarde virei colher na vogalização de tantas as palavras de en.cantar.

e saio _______________________________ rendido.

Um abraço[.]

... disse...

Né isso! Concordo com um dos comentários acima. Antes o ProUni ou nada. Precisamos de medidas ugentes associadas a outras que realmente surtam os efeitos. O ProUni já uma grande feita pelo menos tah dando oportunidade a quem [acho] realmente precisar.

abraço.

inté.

Danii disse...

Oi, to viva, rs

saudades e blog atualizado



beijos