BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Era uma vez uma menina. Uma menina má!



O que é este telencéfalo não ? A gente pensa em tudo e o tempo todo! Eu nem ia falar de filme de novo agora, porque eu tinha mais mil idéias de posts pertinentes ao nosso assunto ! Mas eu fui ao cinema! Sim! Foi um acontecimento tipo, inesperado porque eu estava meio sem fazer nada e queria muito ver “Juno” ! Eu diria mais : inesperado e não-óbvio; nunca fora ao cinema Segunda-feira, eu costumava estar na faculdade, no trabalho, whatever! Alguém já assistiu ao filme “Hard Candy” ? Aki no Brasil ele se transformou em “Menina má.com” ! Este é um longa-metragem muito diferente. A direção é de David Slade e o ínfimo elenco é composto por Patrick Wilson (pecados íntimos), Ellen Page (x-men, Juno), Sandra Oh, Jennifer Holmes e Gilbert John!

Ele foi feito em pouquíssimos dias (18 se não me engano) e tem um orçamento baixo, mostrando que é possível ser independente, bom de verdade e gastar pouco tudo ao mesmo tempo.

Detalhes técnicos à parte, há em “Menina má.com” a discussão sobre a pedofilia no meio social mais abastado. Hayley, 13 anos, encontra Jeff, 30 num café. Após uma pequena conversa envolvendo café [quase (óbvio)], literatura clássica, bandas de indie rock como Goldfrapp e Coldplay, Hayley consente em visitar o apartamento de Jeff!

Na boa, este é o tipo de filme que não se pode continuar contando. A não ser que você seja um daqueles “party-poopers” inconvenientes que deixam todos com um sorriso amarelo ao contar o final do filme... Portanto, eu só posso finalizar dizendo que “Menina má” é um filme que merece atenção, tanto a estética quanto o roteiro bem como as atuações são excelentes. Traz de uma maneira muito intensa a discussão da relação “agressor-vítima” que é exatamente o que eu tentarei abordar quase que exaustivamente enquanto tratarmos desse drama moderno que é a pedofilia!

p.s.: Um dia falarei mais sobre “Juno”!

ligações perigosas: http://www.goldfrapp.co.uk

http:// www.hardcandymovie.com



29 comentários:

luma disse...

E é na casa dele que o retrato se concretiza. Seria Hayley exatamente o que Jeff imaginou? Não vou comentar muito, senão o pessoal me mata!! :=))) Não acha que as últimas cenas lembram muito “O Silêncio dos Inocentes”?
Devemos tomar cuidado com as ilusões do próprio eu desconhecido.
Beijus

pedrofreirefilho disse...

O tema é bastante atual e a dica é muito boa.

Jon disse...

Look here

Pedro disse...

Assisti Meninamá.com e Juno. Realmente são dois filmes de baixíssimo orçamento (para os padrões hollywoodianos) e que provam que mais vale um bom roteiro que muito dinheiro.

Priii! disse...

a historiaa mostra mtu coisa da qual nao enchergamos na realidade que choca mais sim faz aprender algo

jobofevi disse...

Boa noite amigo passando para deixar um abraço. Estou aguardando a abordagem futura sobre a pedofilia. Um abraço.

KAKA disse...

ei meu bem, blogagem coletiva correspondida, mesmo que não pedida, huahauh do meu jeitinho claro senão não era a KK de sempre! ui, vou assistir, passei a confiar cegamente nas suas dicas... um bjim e aqule abraço de sempre da KK

Rafael Abreu disse...

Eu keria ter visto meninamá.com passou hj na tv ne... mas naum deu.. fui pra facul..

Rafael Abreu disse...

Eu keria ter visto meninamá.com passou hj na tv ne... mas naum deu.. fui pra facul..

Joaquim disse...

Nossa cara, enquanto eu tentava voltar a bloggar aqui meu irmão via esse filme, passou em algum canal da TV aberta, vi algumas cenas, a parte em que a menina dizia como ia castrar o cara e tal (isso é spoiller?? ha ha), mas só isso, depois dou um jeito de ver todo. E só pra parecer chato e desagradável: eu já vi Juno e cara é sensacional, acho que tu vai curtir muito, quando tu falar dele aqui deixo meu comentário sobre o filme. Abraços

jobofevi disse...

Boa noite Wagner, tem um meme para você na minha postagem de sexta feira, 22 de fev.Um garde abraço.

Mateus disse...

Affff, esse filme passará na Record, não? Ou é impressão minha?
Tenho a impressão de que vi até a propagando num dos intervalos... Sei lá...

Bem, a pedofilia está, como vc disse em posts anteriores, nos dimensões mais inesperadas e que é, de fato, uma questão que abrange várias discussões. Um questionamento pertinente: será que a mídia não está contribuindo de uma certa forma para aflorar a sexualidade precoce nas crianças e estimular, indiretamente nos homens a libido? A consciência é indevassável, a menos que exteriorizada, o que é mais visível nos tidos por "monstros".

No carnaval, lembro-me de uma garotinha que deveria ter seus 4, 5anos de idade a dançar "créu", era até engraçadinha ela. Mas quantos homens nessa graça não desejaram algo mais? Um ser indefeso e facilmente manipulado, desperta no homem desejos vis. Aliás, para uns, fantoches são exóticos e, pois, eróticos.

Abraço!

Mari disse...

Eu já vi esse filme, no ano passado se não me engano, e partilho das suas opniões... eu fiquei estática o tempo todo...
Vale mesmo a pena... e também vale a pena ver A Culpa é do Fidel. Falei sobre ele no visite!
Bjs e bom fds

Marcelo disse...

Xi deu agua na boca pra assistir a esse filme ou seria agua nos olhos? - ah mas isso não é comercial da zero coke.....SIM é possivel ter qualidade cinematografica a baixo custo principalmente com a digitalização das coisas, faz não gostou de novo de novo...+ tem gente expertinha que adora dizer que o filme durou 2 anos para ser concebido para arrastar grana do patrocinio e das leis de incentivos culturais....Tinha vindo aqui várias vezes + não tinha como deixar comentarios pois não tenho orkut..."odeio orkut"

ABS e bom fds!!!

Nina disse...

Eu gostei do filme
Quero assistir Juno também
Bjs

VS disse...

seu flog está muito popular meu caro!

Fox disse...

Sorry. Look please here

frodo disse...

Ah, que pena, eu perdi... Sei que passou semana passada na TV, e como vc recomendou, farei o possível para ver na próxima oportunidade. Sobre o post do novo do Tim Burton, ainda não fui, mas adoro os filmes do cara desde "Edward mãos de tesoura". O melhor que achei, até agora, foi o "A lenda do cavaleiro sem cabeça", mas também gostei muito de "Peixe grande". Engraçado pensar nisso, mas meus contos têm muito do tom sombrio e sem esperança do Tim. E eu também odeio finais felizes...
Bom FDS, Wágner.

Júnior Creed disse...

oi amigo, ainda não vi o menina má.com, embora já me tenham falado mto bem dele, acho que vc é a 4a ou a 5a pessoa, acho que vou me render a ele. rsrs ah, vc vai continuar escrevendo em temas como vc fazia no outro blog? eu acho elgal, aquela série GLS e a sobre vegetarianos doi bem proveitosa. abraçao!

André Kaworu disse...

Oi...bom esse filme é prova de que orçamentos pequenos e bons temas podem conquistar...coisa rara. e quanto ao post do meu blog eu passei para psicologia na UFF(universidade federal fluminense) uma facul federal no munícipio de niteroí(próximo ao rio de janeiro). abraços e boa semana

jobofevi disse...

Tem um MEME para você no meu post de SEXTA FEIRA 22 de fevereiro.Um grande abraço amigo.

Everson disse...

Passando pra desejar um otimo final de semana pra ti...abraços

kelly disse...

Oii ja assisti esse filme =) eh dahora soh que faz um tempão daí eu nem lembro mais do final rss dexa só eu fazer uma perguntinha, esqueci se ele morre... esqueci se ele era culpado tb! mas nuss! nao sabia que foi gravado assim tão the flash... putz rss... otm domingo p vc bJx t_+

Mogul disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

JuJu disse...

Já ouvi muito falar nesse filme, e, realmente, a relação "agressor-vítima" neste é algo que merece atenção até porque ocorrem algumas surpresinhas ao longo do filme...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

luma disse...

Boa semana! Beijus

Renan Pontes disse...

Este filme, assiti a uns dias atras na record, interessante, e polemico.. sei q a pedofilia e algo gravissimo, até porque senti isto na propria pele, entretanto, acho q o filme tenta pregar a violencia.. sei que não e certo sair aliciando menores, contudo, ir castrando cada um, não e um ato, digamos, vanglorioso.. e maldade estrema... não sou a favor desses monstros, até pq, como ja dise, ja fui vitima de um dels, mas creio que existem outros metodos para eles, seja na justiça humana ou na divina.. Abraço

Anônimo disse...

Oie!! Aki é Patricia Acunha , do blog jah te contei...
Há tempos que tento comentar no seu blog, mas não consigo por ele ser restrito.. mas primeiro..
parabéns pelo layout e sobre o filme, estou curiosa pra assistir Juno..
Bjs...

Lais disse...

Nossa a cada post posso deixar um comentarios rs.
Eu assisti esse filme semana passada, passou na record. Perdi o inicio do filme, talvez por isso, eu o achei um tanto "confuso", essa não é a palavra certo do que eu quero dizer...o filme me lembrou muito jogos mortais...
beijo